Cilinho

cilinho

Nome – Danacir Maia

O Popular Cilinho

Posição – Atacante

De onde veio – Internacional de Limeira

Quanto durou – 1992/1993

Curiosidade – Peço ajuda dos AMIGOS INTERNAUTAS para falar mais sobre o misterioso Cilinho. Sei que foi contratado como reforço para o Brasileiro de 1992, junto com o Guga, vindouros da Inter de Limeira. O Guga virou “ídolo”, o Cilinho, bem…

Times pelos quais ele atuou além da Vila: XV de Jaú, Santo André, Taquaritinga, Noroeste, Bahia, Internacional e Guarani.

Atualização já com ajuda de vários santistas: foi titular por um bom número de partidas entre 1992 e 1993. Chegou a marcar um golaço no Palmeiras. Dizem até que inventou a comemoração BALANÇANDO O BEBÊ, aquela do Bebeto em 1994.

Mas nunca se firmou, tanto que foi embora rápido. Ou seja, aleatório e sem lembrança digna. Ruim.

cilinho2

Anúncios
Esse post foi publicado em Mistério, Passagem pífia. Bookmark o link permanente.

7 respostas para Cilinho

  1. Marcio disse:

    A primeira vez em que fui à Vila foi em 1993, em um jogo contra o XV de Piracicaba. O placar foi 2 x 1 pro Santos, com dois gols de Cilinho. Jamais poderia esquecer desse “craque”.

  2. Olavo disse:

    MITO, ÍDOLO, REI, CRAQUE

    Jogou no Santos logo quando eu estava começando a acompanhar futebol. Só isso já o faz ídolo, assim como todos os outros da mesma época (Sérgio, Índio, Flavinho, Almir, Darci, etc).

    Veio de um bom time da Inter de Limeira que havia até mesmo feito 4×1 no São Paulo pela segunda div…, digo, MÓDULO INTERMEDIÁRIO do Paulista de 1991.

    Foi elogiado pra caramba naquela temporada. Lembro de uma coluna publicada, acho, no Diário Popular (VOLTA) dizendo que Cilinho praticava o real “futebol moleque” – a expressão usada ali fazia um chiste com o fato de outro Cilinho, então técnico do Corinthians, ter pedido o tal futebol moleque aos seus comandados.

    Foi ponta-esquerda no Santos. Compunha o ataque com Almir e Paulinho McLaren. Putz, muito mito em um post só, fiquei emocionado.

  3. Fabio disse:

    Estive num Palmeiras x Santos no Palestra Itália, numa 4ª à noite. Naquela época, ainda era possível a torcida visitante ocupar boa parte da arquibancada, a partir daquela curva atrás do gol. Enfim, estádio lotado, consegui entrar só no fim do 1º tempo. Começamos perdendo de 1 x 0 e quem empatou? Claro, foi o Cilinho. Acabou 1 x 1. Ele não era ruim, não, e o time razoável, estava na fase “será que vai dar alguma coisa?”. Não deu.

  4. Ele não era ruim, tinha bom chute, era um autêntico ponta esquerda, tinha como principal qualidade a cobrança de bola parada, tanto falta como escanteio, sua carreira no Santos ficou prejudicada por um erro médico do Dr. Carlos Braga em seu joelho, tanto que chegou até a processa-lo, em 95 jogando pelo Bahia na Vila Belmiro marcou um gol olímpico em cima do Edinho, mas a carreira por causa da contusão no joelho, nunca mais foi a mesma.

  5. Paulinho disse:

    Sou de Bauru e o Cilinho disputa aqui a copa golden master que e realizada pela Semel.E uma pessoa maravilhosa e um verdadeiro profissional .

  6. Junior disse:

    Acho que quem publicou esta matéria nunca viu o Cilinho jogar. Ele era um BOM jogador, ponta esquerda habilidoso, rápido, de muito boa técnica e jogador de boa leitura tática. Além do mais, ele se firmou sim no Peixe, tanto que foi titular por um bom período em que ficou por lá. Teve alguns problemas de contusão que abreviaram sua passagem por lá. Saliente-se que o Cilinho teve grande projeção jogando a Série B Nacional pelo Grêmio Maringá (vindo do Guarani), em um time muito bom comandado à época pelo iniciante treinador Paulo Comelli (que tem diversas passagens por clubes de São Paulo), na qual houve um jogo contra o próprio Guarani em que ele arrebentou (inesquecível), assim como arrebentou em um Campeonato Paranaense em que fazia jogadas espetaculares, principalmente em um jogo contra o Coritiba (jogo memorável), despertando o interesse de outros grandes clubes e acertando, posteriormente com o Santos. Ressalte-se ainda, que trata-se de uma excelente pessoa, com um caráter raro e com uma família formidável (conheci o mesmo na época de Maringá e até fui em um jogo dele na Vila Belmiro, mas depois nunca mais tive contato. Não sei por onde anda, desde àquela época….Apareça Cilinho). Assim, antes de publicar matérias sobre jogadores, basta um pouco de pesquisa, é o básico a se fazer.

  7. Rodrigo disse:

    Foi embora “rápido” porque você não ‘era nascido’ e não teve que ver cada jogo dele pelo Santos. Em 20 anos dessa época minha, foi de longe um Top 3 dos que mais me irritou. E eu vi a comemoração do bebê ao vivo. Melhor lance de criatividade de toda uma carreira.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s